90 ANOS DA COLÔNIA CONSTANÇA XI

Coluna publicada na Gazeta de Leopoldina de 23.09.2000

 

Quando pensamos em escrever sobre a Constança, imaginávamos contar parte da história dos 90 anos da Colônia, completados em 12.04.2000.

VEJA ATUALIZAÇÃO AQUI

Com a divulgação de cada texto, muitos deles com algumas lacunas, foram surgindo novos documentos que passaram a exigir outras pesquisas e apareceram mais interessados no assunto.

Via de regra esses leitores nos cobraram a história das famílias que povoaram a Colônia. Assim, a partir deste número, passamos a divulgar o que descobrimos sobre cada uma das famílias que de alguma forma se ligaram à Colônia Constança, mesmo sabendo que de muitas não temos dados suficientes para um trabalho completo. Mas o fazemos na esperança de sermos úteis a quem se interessar pelo assunto e, na certeza de que novas colaborações surgirão, com cópias de documentos que nos proporcionarão a oportunidade de, no futuro, reunir toda a história da região e de seus habitantes.

Começamos pelos descendentes de FORTUNATO BONINI.

Como registro é bom que se diga que o sobrenome BONINI é encontrado em Cirie, Província de Torino, Região do Piemonte e também na Província de Pistoia, Região da Toscana, na Itália.

Aqui em Leopoldina é mais conhecida a forma simplificada BONIN.

Fortunato Bonini nasceu na Itália, em 13 julho 1855 e morreu antes de 1933, em Leopoldina. Era casado com Maria Darglia e instalou-se na Colônia Constança, no lote 23, em 25.11.1911. O casal teve 8 filhos: 1) PASCHOA BONINI, em 1886; 2) JACINTO BONINI, nascido entre 1888 e 1889); 3) JOÃO BONINI, em 01.06.1890; 4) MARIA BONINI, em fev/1892; 5) REGINA BONINI, em 16.02.1893; 6) ANTONIO BONINI,  em 09.10.1895; 7) FELOMENA (ou, FILOMENA)  BONINI, em 1900; e, 8) ANA BONINI,  em 25.09.1903.

Sobre esta prole sabe-se que o filho Jacinto Bonini nasceu no estado de Santa Catarina e que os seus irmãos mais novos, com certeza, nasceram em Leopoldina. Os documentos pesquisados nos informam que:

1)  PASCHOA BONINI  casou-se em 13.02.1904, com  Pietro  Sangirolami, filho de Giovanni Sangirolami e Modesta Carmelim. Pietro nasceu entre 1880 e 1881 em Montagnana/Padova, na Italia. Todos os filhos de Paschoa e Pietro são leopoldinenses: José Sangirolami, nascido em 17.11.1906; João Sangirolami, em 06.09.09; Joaquim Sangirolami, em 06.03.11, falecido em 20.01.13; Ana Sangirolami, em 12.01.13; Fortunato Sangirolami, em 04.01.15; Maria Sangirolami, em 29.12.16; e, Maximiano Sangirolami, em 24.06.19. Mais adiante falaremos sobre a família de Pietro Sangirolami.

2) JACINTO BONINI casou-se em 12.05.1917 com Marcelina Colli, italiana de San Michele ao Tagliamento/Venezia, filha de Francesco Colli e Pierina Galasso, nascida em  08.09.1901. Marcelina chegou ao Brasil em dez/1910, na Ilha das Flores/Rio de Janeiro e sobre seus parentes nos ocuparemos em outra parte desta coluna. Os filhos de Jacinto e Marcelina são: a) João Bonini, nascido em 06.02.1918, atual proprietário da sede da fazenda Boa Sorte, casado com Maria da Conceição Moreira, filha de João Gomes Moreira e Maria da Conceição Oliveira. Recentemente João Bonin e Maria da Conceição completaram  60 anos de vida matrimonial e comemoraram o fato com seus 12 filhos, suas noras e genros, 26 netos e 7 bisnetos; b) José Bonini, nascido em 24.12.19); c) Anna Bonini, em 1927; d) Francisco Bonini, em 1929; e) Fortunato Bonini, em 1932; f) Sebastião Bonini, em 1935; g) Climario Bonini, em 1937; e, h) Nelson Bonini, em 1940.

3) JOÃO BONINI, o terceiro filho de Fortunato Bonini, casou-se em 08.06.1918 com Maria Carolina Fofano, nascida em Tebas, em 11.07.1899, filha de Paschoal Domenico Fofano e Oliva Meneghetti. Sobre a família de Maria Carolina trataremos no final  deste texto. Registro oficial dá conta de que João Bonini foi batizado em 23.11.1890 e que foram seus padrinhos Angelo e Giusepa Pedroni. Do consórcio de João Bonini com Maria Carolina são os filhos: Amabile Bonini, nascida em 25.03.1919 e Antônio Bonini, em 19.01.1921.

4)  De MARIA BONINI, outra filha de Fortunato, pouco sabemos além do fato de que seu batismo ocorreu em Leopoldina, em 08.03.1892.

5) O mesmo ocorre com  REGINA BONINI, de quem temos apenas o registro do seu batismo ocorrido  em 18.04.1893.

6) ANTONIO BONINI casou-se, em 29.07.1933, com Isaura Pereira das Dores, filha de Ladislau Luciano Pereira e de Maria Luciana de Oliveira. Seus padrinhos de batismo foram Emílio Carraro e sua mulher Maria Carrara. Apuramos, ainda, que Ladislau faleceu antes do casamento de sua filha Isaura.

7) Felomena Bonini contraiu matrimônio em 28.07.1917 com Fortunato Meneghetti, nascido em 13.05.1893. Este Fortunato era filho de Sante Meneghetti e Regina Formenton (ou, Fromenton, ou, Formentoni) e sobre ele falaremos adiante. O casal Felomena e Fortunato deixou os filhos: Santa Meneghetti, nascida em 03.08.1918 e Jorcelino Meneghetti, em 25.08.19.

8) Da filha caçula de Fortunato e Maria Darglia, de nome ANA BONINI, sabemos apenas que foi batizada em 02.12.1903 e seus padrinhos foram Luciano Borella e Lucia Lorenzetto.

A seguir registramos dados de quatro outras famílias que, por matrimônio de descendente de FORTUNATO BONINI, a ele estão ligadas. Aqui, também, muitas lacunas estão a depender de mais pesquisas e da colaboração do prezado leitor.  Estas famílias são:

1ª)    SANGIROLAMI, de  PIETRO SANGIROLAMI, marido de Paschoa Bonini e filho dos italianos Giovanni Batista Sangirolami, nascido em 1857 e Modesta Carmelim, nascida em 1852 e cujo falecimento ocorreu no dia 14.11.1908 na fazenda Paraíso, em Leopoldina. Giovanni é natural de Montagnana/Padova. Na mesma localidade nasceram todos os cinco filhos do casal: 1) Minervina Sangirolami, nascida entre 1875 e 1876, que foi  casada com o também italiano Artur Nicolini, de 1872; 2) Pietro Sangirolami, casado com Paschoa Bonini, a quem já nos referimos anteriormente; 3) Giovanni Sangirolami, de 1883, que em 26.05.1906 casou-se com Giustina Borella; 4) Carolina Sangirolami, de 1887, que em 1909 casou-se com Angelo Giulio Sangalli; e, 5) Egidio (ou, Egildo) Sangirolami, de 1891, marido de Pierina Borelli, nascida em 1894 e que veio a falecer em 1913.

2ª)   COLLI, de MARCELINA COLLI, esposa de Jacinto Bonini e filha de Francesco Colli e Pierina Galasso. Pierina, ao que se sabe, nasceu em Venezia/Itália, em 29.06.1873.   Deste casal são os filhos: 1) Santa Colli, nascida em 17.03.1900, na Venezia, casada com Marino Bronzato, nascido em junho de 1895 em Anghiari/Arezzo/Itália; 2) Marcelina Colli, casada com Jacinto Bonini, citados anteriormente; 3) Regina Colli, em 1905, esposa de José Gallito, nascido em 09.12.1897; 4) Angelo Colli, nascido em 12.02.1907, na Venezia/Italia e casado com Anna Sangirolami, de 1913; 5) José Colli, nascido em Leopoldina a 11.01.15; e,  6) Francisco João Colli, de 03.04.18.

3ª)  FOFANO, de MARIA CAROLINA FOFANO, que é neta de Francesco Fofano e Luigia Anunciatta Carraro e foi casada com João Bonini, o terceiro filho de Fortunato Bonini. Dessa família sabe-se  que  Luigia  nasceu  por  volta de 1886, na  Italia.  Francesco e Luigia tiveram pelo menos dois  filhos: 1)   Carlo Batista Fofano, nascido em Mogliano/Veneto, que se casou com Amelia Stefani, natural de Burgio/Sardes/Italia. Carlo e Amelia, por sua vez, são os pais de: a) Alberto Carlos Fofano, que teria nascido em 1906, em Leopoldina e se casou com Amelia Bedin; b) José Fofano, de 1909, esposo de Regina Meneghetti, de 18.10.11, que aparece no tópico sobre a família Meneghetti.; c) Maria Fofano, nascida  em  04.11.1913;  d) Alfredo Fofano, em 27.03.1916;  e,  e) Eugenio Fofano, em  09.10.1918; 2)   Paschoal Domenico Fofano, que se casou com a também italiana Oliva Meneghetti em 1879 e tiveram os filhos a) Maria Carolina Fofano, esposa do João Bonini (filho do Fortunato); b) Erminda Fofano, de 1902, esposa de Júlio Carrara, de 1900; c) Amalia Luiza Fofano, de 1903, esposa de Ulysses Borella, de 25.04.1898; d) Rosalina Fofano, de 07.12.1903, casada com José Carraro; e) Luiza Fofano, de  10.11.1911; f) José Bernardo Fofano, de 11.06.14; g) Idalina Fofano, de 08.03.17;  e, h) Violandina Luzia Fofano, nascida em  24.02.20.

4ª)  Meneghetti, de Fortunato Meneghetti, casado com Felomena Bonini. Filho de Sante Meneghetti, nascido em 1848 na Itália e de Regina Formenton, que teria nascido por volta de 1853, também  na Itália. Regina faleceu em 25.12.1917 e era filha de José Geronymo Morim (Giuseppe Girolamo) e Maria Formenton. De Sante e Regina são filhos:   1)  Felice Meneghetti, nascido em  1873;   2) Costantine Meneghetti, nascida entre 1875 e 1876 em Campolongo Maggiore/Venezia e que, em Leopoldina, se casou com Giovanni Battista Gottardo, nascido em 26.10.1872, em Vigonza/Veneto. Desta Constantine são os filhos: a) Fortunato (Natim) Gottardo (1906), esposo de Avelina Sangalli, nascida em 17.08.14. Descendentes deste casal ainda residem  na Boa Sorte; b) Maria Zulmira Gottardo, nascida em 13.07.07; c) Pasquina Gottardo, em 13.04.11; d) João Batista Gottardo, em 06.11.13; e) Archangela Micaella Gottardo, em 31.03.16.    3)  Virginio Meneghetti, nascido em 17.02.1880, em Veneto/Itália, casado com a italiana de Padova, Teresa Ceoldo, nascida em 25.06.1883 e de quem são os filhos: a) Domingos Meneghetti, de 12.11.1904, em Leopoldina; b) Maria Isolina Meneghetti, de 1908,  que contraiu núpcias com José Antonio Sangalli, de 19.08.1910; c) Regina Meneghetti, de 18.10.11, casada com José Fofano, de 1909; d) Santo Meneghetti, de 01.10.19; e) Armindo Meneghetti, de 1924; f) Dirceu Meneghetti, de 1928; g) Orlando Meneghetti, de 09.08.29.   4)  Ermenegildo Meneghetti, italiano nascido em 1882, casado com Genoveva Calsavara, de 06.02.1890, pais de Maria Meneghetti, de 30.10.11; Helena Meneghetti; Fortunata Meneghetti; Ana Meneghetti; Sante Meneghetti; João Meneghetti, esposo de Maria Nazareth Sodré e pai de Luiz Otávio, redator da Gazeta de Leopoldina; Felicio Meneghetti;  e,  Antonio Meneghetti. De Genoveva sabemos ser filha de Giuseppe Calsavara e Anna Scantambulo;   5)  Eva  Meneghetti, nascida em 1887, na Italia, foi casada com o italiano Felice Montovani. É mãe de Maria Montovani, nascida em 21.01.14;  6)  Fortunato Meneghetti, nascido em Leopoldina em 13.05.1893 foi casado com Felomena Bonini, família que já mencionamos anteriormente; e, 7)  Maria Meneghetti, nascida em 13.05.1893 e casada com o italiano Pietro Gallito, nascido em 1894, em Montagnana/Padova. Maria e Pietro são os pais de Antonio Santo Gallito, de 21.01.1918 e de Luzia Gallito, de 03.12.19.

Hoje encerramos por aqui. No próximo número traremos informações sobre outras famílias. Até lá, aguardamos a sua colaboração enviando-nos cópia de documentos que possam nos ajudar a escrever a história de outros colonos e da própria Colônia Constança. 

 

José Luiz Machado Rodrigues

nilza cantoni

Creative Commons License
Este trabalho está sujeito a uma licença de uso: Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 License.

VOLTA
Fale Conosco